Síndrome do Impostor & Empreendedorismo

Você já se sentiu como uma fraude ou uma farsa? Como se você não merecesse estar na posição atual que você se encontra? Pois bem, você pode sofrer da Síndrome do impostor.

O que é essa Síndrome?


Bom primeiramente você deve saber que a síndrome do impostor não é um diagnóstico oficial, ela é um sintoma, ou seja, é algo que as pessoas sentem e pode estar presente em vários quadros como: ansiedade, depressão, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade ou até mesmo em pessoas sem nenhum diagnóstico. Portanto, podemos dizer que a Síndrome do Impostor é uma ilusão de inferioridade, na qual a pessoa que sofre com esse sintoma sente-se menos qualificada em relação aos que estão ao seu redor.


Exemplo de empreendedor que sofreu com essa síndrome:


Em sua apresentação no TEDx Sydney 2017 Mike Cannon-Brookes conta sua história como empreendedor e como usou a Síndrome do impostor a seu favor. Mike é co-fundador e co-CEO da empresa Atlassian, a qual é uma multinacional australiana de software corporativo que desenvolve produtos para desenvolvimento de software, gerenciamento de projetos e gerenciamento de conteúdo. Após vencer o prêmio de empreendedor do ano australiano, Mike representou a Austrália no prêmio de Empreendedor global do ano contra outros 40 países. Nesse evento durante um jantar ele conheceu Belmiro de Azevedo, o qual era o vencedor do prêmio de Portugal. Esse senhor aos 65 anos administrava seus negócios havia 40, com mais de 30.000 funcionários. Mike conta que admitiu a Belmiro que sentia que não deveria estar lá e que em algum momento iriam manda-lo de volta para a Austrália. Porém ele se surpreendeu quando Belmiro lhe disse que se sentia da mesma maneira e que a maioria das pessoas presente naquele evento também se sentiam assim. Mike pôde perceber com essa conversa duas coisas: que outras pessoas também se sentiam assim e que esse sentimento não some com nenhuma forma de sucesso.


Como melhorar e usar isso ao seu favor?


Costumamos olhar para pessoas bem sucedidas e pensar que elas não se sentem como fraudes, mas isso pode não ser verdade. Pessoas bem sucedidas não se questionam, elas questionam as suas próprias ideias e seu próprio conhecimento. Elas sabem quando não tem tanto conhecimento sobre um determinado assunto e não tem medo de pedir ajuda para alguém que entenda mais do que ela. Portanto, conversar e pedir ajuda são duas formas de combater essa síndrome e conseguir manter a calma durante situações de estresse. Fica aqui a dica para você assistir a dois vídeos:


  • How you can use impostor syndrome to your benefit | Mike Cannon-Brookes


  • O que é a Síndrome do Impostor?



30 visualizações