Minha passagem virou um canal de mídia


Viajar de ônibus é uma das coisas que mais faço pra visitar minha família. Sempre levo meu fone e passo o tempo com minhas músicas e Podcasts preferidos, dessa forma a viagem fica mais tranquila. Normalmente, consigo me atualizar com as cidades que ficam no caminho e todas as pessoas que circulam entre elas, sempre perco a contagem de quantos passageiros acabam utilizando o mesmo ônibus que eu...


Mas a última viagem me apresentou um insight incrível. Após comprar minha passagem no guichê como sempre acontece, algo me chamou a atenção. Uma mensagem na parte traseira do comprovante, que me foi entregue, estava me indicando uma empresa de mobilidade e como é fácil chamar um de seus motoristas cadastrados para realizar o transporte dentro da cidade. Viu como isso é fantástico? Com algo que nunca me passou pela minha cabeça, uma passagem de ônibus, a empresa estava se conectando diretamente comigo, meu principal problema naquele momento, e isso me fez parar para pensar em como a identificação do seu público é essencial para que campanhas realmente se conectem com seu público.


A empresa não precisou gastar uma verba enorme em material de divulgação, mídia paga na internet ou sequer utilizou de campanhas agressivas no Youtube, por exemplo, mas sim, fez uso de um meio extremamente ligado aos seus usuários. Quem não se sentiria com vontade de chamar um de seus motoristas logo após chegar de uma viagem, extremamente cansado, sendo inconscientemente exposto a essa marca na hora certa, no local certo.


Para entender melhor as estratégias que o Garupa utiliza na promoção de seus serviços, entrei em contato como o Felipe Vanin, responsável pelo marketing da empresa, um cara muito receptivo e que me atendeu com muita atenção, respondendo a algumas perguntas que trago nesse artigo.


Quais os desafios em criar campanhas de marketing com tantas possibilidades e descentralização das plataformas utilizadas?


Sempre buscamos analisar todas as oportunidades de mídia, muitas vezes um grande investimento não tem resultados grandes. Buscamos sempre formas mais funcionais de comunicar analisando o público e entendendo a melhor maneira de atingi-lo.


A estratégia da nota é exclusiva para Santa Maria? Como tem sido o resultado da mesma?


Hoje ela é exclusiva de Santa Maria, por se tratar de uma cidade universitária e ter uma grande circulação de pessoas do estado todo. O resultado está sendo ótimo, desta maneira conseguimos divulgar o Garupa em outras cidades do RS.


Qual o principal canal de MKT do garupa atualmente?


Hoje trabalhamos em várias frentes, mas temos algumas mais assíduas: O próprio App, através de Pushs. Redes sociais no geral e temos uma mídia forte no nosso site também.


O garupa hoje é o app mais utilizado para transporte em Santa Maria, você acredita que o MKT realizado na cidade tem contribuído para esse fato?


Santa Maria é nossa primeira Cidade de atuação, criamos um vínculo muito grande com a cidade e temos muito orgulho de dizer por todo Brasil que Santa Maria é a cidade onde nasceu o Garupa e criamos essa identificação com os usuários da cidade.


Algum recado para as Startups ( em geral) de como ser efetivo mesmo com baixo orçamento e ainda pouca visibilidade!


O Maior recado é: Entenda seu público e onde ele está, só assim conseguirá conversar de verdade com quem mais utiliza seu serviço ou produto.


E você que chegou até aqui! Já teve alguma situação em que sentiu algo parecido com que descrevi nesse artigo? Se se sentir a vontade, não deixe de comentar e compartilhar esse material!

51 visualizações