Empreendedorismo de Impacto: Economia Circular e o Impacto nas Pequenas Empresas


Um termo paralelo a economia linear, surgiu na década de 70 e começou a se difundir na Europa. A economia circular, veio com ideia de analisar novos fluxos de materiais e criar um ciclo de reaproveitamento e desenvolvimento sustentável.


No modelo de economia circular se tem a visão de que todos os produtos e serviços vem de fatores da natureza e retornam para ela na forma de resíduo, desde que gerem o menor impacto possível. Segundo seus criadores, ela consiste em um ciclo de desenvolvimento positivo, em que haja otimização na produção e utilização de recursos. Clique aqui e saiba mais como a Economia Circular funciona.


Esse modelo de economia começou a ser aplicado inicialmente nas grandes empresas de tecnologia e startups, no entanto, quando aplicada a pequenas e micro empresas pode auxiliar na maximização do uso dos recursos disponíveis e no aumento de ganhos. Em geral, pequenas empresa tendem a ter menos recursos disponíveis para investir, e é a aí que entra a importância da reutilização, reciclagem e do reaproveitamento de equipamentos e recursos, pois além de incentivar a economia circular, gera renda extra e diminui os resíduos que voltam para natureza.

Segundo a ONU, o Brasil gera por ano, 1,4 milhão de tonelada de lixo eletrônico, porém como ainda vivemos a economia linear enraizada em nossa cultura, grande parte disso, acaba indo para aterros sanitários, lixões ou focos de resíduos nas grandes cidades. O problema, é que desperdiçamos matéria prima da terra, (minérios) como ouro, cobre e ferro. Com isso e outros resíduos, perdemos por ano, cerca de 10 bilhões de reais que poderiam estar na economia beneficiando a todos. Se continuarmos nesse ritmo, em alguns anos as cidades irão virar grandes lixões, abarrotadas de lixo.


Porém a chave da economia circular, não é a reciclagem, mas sim o design dos produtos, que devem ser pensados de forma a chegarem ao final de sua vida útil, facilitando o reaproveitamento. Processo que beneficia ainda mais pequenas empresas que visam um modelo econômico em que os produtos obsoletos, ao chegarem ao fim de sua vida útil, se tornem matéria prima para novos produtos.


Veja a jornada de design circular de produtos na imagem abaixo:


Foto: DS Smith


Ademais, é possível citar muitos outros benefícios da economia circular para as empresas, como a maior eficiência energética - possibilitando ganhar escala de maneira sustentável -, vantagem competitiva e melhor posicionamento da marca no mercado.


Você já tinha ouvido falar sobre economia circular?


48 visualizações