Como desenvolver suas habilidades de liderança


Muitas pessoas têm o desejo de liderança, mas não estão dispostas a trabalhar duro ou assumir responsabilidades, ao passo que muitas outras ficam felizes em apenas seguir ordens a vida toda. No mundo dos negócios, se você é alguém com tanto a inclinação para a liderança, quanto o desejo de se desenvolver, você se torna um profissional com excepcional potencial – algo que as empresas prezam muito.


A liderança assume inúmeras formas nas mais diversas situações. Trata-se de ação, independente de posição.


Não é difícil ver por quê. Bons líderes são muito difíceis de encontrar. Alguém com a capacidade de ser tanto bom no que faz, quanto capaz de encorajar os outros a fazerem o mesmo, é uma raridade.

Um líder desempenha vários papéis: é treinador, controlador, consultor, colaborador, executor, etc. Mais do que isso, um líder é alguém que atua junto com a sua equipe, instruindo, guiando, delegando, ensinando, direcionando, orientando, corrigindo, reconhecendo e acompanhando. É o exemplo.

Este comportamento positivo é o que faz toda diferença a que um gestor seja ou não querido, respeitado, seguido e admirado por sua equipe. Sem isso, não há espaço para líder e liderados desenvolverem uma comunicação efetiva, bons relacionamentos interpessoais, motivação, engajamento, produtividade e sentirem-se verdadeiramente pertencentes ao time e à empresa.

Mas, como se desenvolvem essas habilidades?

​​

Você precisa praticar:

Abrace as oportunidades.


Empresas juniores e ligas universitárias são um bom lugar para começar.


Nelas, você coloca em prática suas mais variadas habilidades, ao passo que se desenvolve trabalhando em equipe e desenvolvendo novas competências, aprendendo a lidar com opiniões e pessoas, em um ambiente relativamente calmo, sem grande pressão.


Para atuar em uma posição de liderança, certifique-se de que conseguirá desempenhar todas as funções básicas e requeridas; e tudo que você fizer além disso, será um bônus.


Obtenha um feedback:


Honesto, mesmo que seja doloroso.


Saiba diferenciar as críticas das opiniões.


Um bom feedback não é necessariamente aquele no qual você não precisa melhorar nada, mas aquele que dá diretrizes do que pode ser feito de outra forma, e de que maneira você pode se aperfeiçoar.


Peça um feedback das pessoas de dentro e fora da empresa a respeito do seu trabalho. Nesse contexto, você consegue uma visão 360º do seu trabalho, de pessoas que trabalham dentro do seu nicho às pessoas à quem seu serviço é destinado.


Saiba ser um

bom seguidor:

Ninguém sabe tudo, e aprender algo sobre um ponto de vista diferente pode desenvolver suas habilidades de liderança.

Assimile o que estão fazendo de certo e errado. O que você faria diferente? Que alternativas você poderia utilizar?

Mais do que isso, aprenda a ser o seguidor ideal: o que você, como líder, gostaria que um seguidor fizesse? Faça isso. Vai te fazer ver a liderança de uma perspectiva diferente, e também te ajudar a entender o que precisa ser feito, e como você pode auxiliar os seus colegas de equipe.

Aposte no potencial do

time:

Prestar atenção ao seu time é a receita para o sucesso.

Saiba explorar as habilidades de cada um dos seus colegas, desenvolvendo seus pontos fortes e suas fraquezas, de forma a beneficiar tanto o indivíduo quanto o desempenho da equipe.

Dê aos seus colegas a oportunidade de liderar também.

Crie um verdadeiro time: estimule o trabalho em equipe e o sentimento de pertencimento. Os resultados obtidos serão muito melhores, você vai ver.

Estabeleça objetivosclaros e alcançáveis:

Defina metas quantificáveis e atingíveis, e acompanhe seu progresso.

É importante saber como vai o seu desempenho como membro da equipe, e como líder.

Para descobrir, por exemplo, analise quantas vezes seus colegas te procuram para pedir sugestões, o quanto o time cresce quando você está no comando, ou o quanto se voluntariam para novas tarefas.

Monitore o seu sucesso, acompanhe seu desenvolvimento, e continue buscando resultados melhores.

Dê o seu melhorem todas as tarefas:

Fique de olho nas pequenas coisas.

Tarefas secundárias são as que mais existem, e exigem total atenção.

Elas expõe questões corriqueiras que devem ser corrigidas, antes que se tornem problemas maiores – desde a dupla da equipe que não consegue trabalhar junto, até a falta de limpeza na sala após a reunião.

Saiba ouvir:

Tão bem quanto falar.

A comunicação é um dos aspectos mais importantes de um time. Como líder, você nem sempre vai ouvir o que quer, ou se expressar da maneira correta.

O importante é saber quando falar, e quando escutar. Esteja preparado, e mantenha a compostura, mantendo o diálogo aberto com todos.

Um líder é um empreendedor nato, que sabe agir buscando o melhor rendimento do seu time e do seu negócio, entendendo que jogar com a ação e a técnica é indispensável para conseguir potencializar os resultados.

24 visualizações