Casa Cook: Empreendedorismo Criativo

A oportunidade de abrir uma nova loja em um ponto do Royal Plaza Shopping que estava restando, levou o grupo familiar, já dono da Gud’s, da Sm Outdoor e da Mídia Urbana, a analisar o mercado e suas demandas, encontrando o nicho na área da culinária e gastronomia.

Cada vez mais as pessoas estão se preocupando com a sua alimentação. Cozinhar e ficar mais em casa, preparando a comida, tem se tornado um estilo de vida, ao qual muitas pessoas são adeptas. Nascia o conceito da loja: tornar o ato de cozinhar um lazer.


A Casa Cook abriu suas portar em 2016, como uma loja especializada em artigos para pessoas apaixonadas por culinária.

É um lugar para te inspirar, fazer você gostar ainda mais de ficar na cozinha, onde acontecem as melhores coisas da vida, por isso não queremos que ela seja apenas mais uma peça da casa e sim, um espaço de bem-estar, um lugar mágico para preparar sonhos e compartilhar alegrias.

Hoje, dado o sucesso da primeira, outra loja foi aberta no Santa Maria Shopping, e uma franquia abriu em Santa Cruz do Sul no ano passado. Sendo uma loja diferente, na qual a paixão pela culinária é encontrada nos mínimos detalhes, dos produtos, à decoração da loja e o atendimento ao cliente, a experiência para com o serviço tende a ser mais deliciosa.

O negócio é familiar. Bruna Brandão é a dona, e faz a aquisição dos produtos e sua precificação. Sua mãe, Beatriz Brandão, administra o financeiro, enquanto o pai, Jorge Brandão, cuida do marketing. Toda a família se envolve na gestão da loja, sendo no comércio direto com o cliente, ou com a gestão interna do estabelecimento.

Buscando atualização, a família frequenta diversas feiras no decorrer do ano, nas quais as novidades e tendências para o mercado gastronômico são apresentadas. Recentemente, em uma feira em São Paulo, o grupo teve a oportunidade de conhecer Rita Lobo, apresentadora do programa Cozinha Prática, no GNT, que ministrava uma palestra. Nela, a chef destacou a importância da alimentação saudável:


O valor da alimentação saudável não está em fazer uma dieta com restrição de alimentos, mas em montar um cardápio variado. A comida saudável é a que tu cozinha e sabe o que vai, sendo o menos industrializada possível.

Nessas mesmas feiras, Bruna busca por produtos diferenciados e variados: “temos uma variedade muito grande, que vai desde o mais básico e barato até o mais caro, sempre prezando pela qualidade. Trabalhamos com marcas exclusivas e com produtos que não são encontrados em todo lugar, e a diversidade nos faz manter um estoque mínimo. Temos novidades todo mês, e vamos repondo os produtos que apresentam maior procura, de forma a agradar todos os clientes”. 

Outro ponto importante para o negócio dar certo é o atendimento diferenciado ao cliente, tanto na loja quanto no pós venda. Todos os funcionários passam por um período de treinamento para chegar no padrão de atendimento da loja. Uma equipe legal, disposta a trabalhar porque gosta do que faz, transmite essa energia para os clientes, que saem de lá não apenas com o produto, mas satisfeitos com o bom atendimento. Esse é, com certeza, um dos ingredientes principais do negócio.

A paixão pela cozinha é o que move o negócio.

Não precisamos ser grandes chefs para preparamos pratos incríveis, nem grandes empreendedores para abrirmos um negócio de sucesso. Mas a vida é muito curta para não comer bem e, mais curta ainda para não trabalharmos com aquilo que gostamos.

113 visualizações