10 Elementos que compõem um negócio de sucesso

(e por que eles são essenciais)



Se uma grande ideia constitui o foguete de um negócio de sucesso, trabalho duro, aperfeiçoamento constante e uma boa dose de paciência compõe o combustível para fazer o empreendimento decolar.

Para fazer um negócio dar certo, você vai precisar de uma série de elementos diferentes que, juntos, vão formar a base da sua empresa. Mas, calma: você não precisa dominar todos os aspectos do trabalho. Como empreendedor, você precisa entender porque cada elemento é importante, e certificar-se de que estão em pleno funcionamento na organização.

A seguir, separamos uma lista com 10 elementos que são essenciais para compor um negócio de sucesso, para que você, empreendedor, consiga prosperar dentro do seu nicho de atuação.


1- Elaborar uma

estratégia:

Ter uma estratégia significa ter um plano de voo. É a maneira como você vai entregar a sua ideia e o seu produto aos clientes. Você deve ter uma estabelecida ao longo prazo (uns 3 anos), que cubra o caminho para os objetivos gerais, e outra que deve ser revisada mensalmente, passível de alterações, de modo que você consiga se adaptar as exigências do mercado sem perder o foco. Ela vai dar as diretrizes do seu negócio; suas prioridades, pontos fortes, produtos a serem desenvolvidos, etc.

2- Apostar no diferencial:

Aquilo que você faz, que ninguém mais faz, é o que alavanca o seu empreendimento. É vital. Não significa ter um produto ou serviço completamente único, mas fazer melhor – qualidade, preço, praticidade, etc. Não é preciso reinventar a roda, mas ela sempre pode ser melhorada.

3- Marketing:

Entenda o marketing como a propulsão do seu foguete. Parte é a velha história de panfletos e anúncios no facebook, mas cada vez mais a campanha publicitária de uma empresa ganha espaço no mundo da tecnologia e dos negócios. Em suma, o marketing busca, além de apresentar um novo produto a possíveis compradores, fazer a marca ser lembrada e, para isso, a criatividade entra em cena – vale tudo, até mandar um foguete para o espaço. Também pode ser feito através de patrocínios em eventos nas áreas de atuação da empresa, que ajudam a fortalecer o nome da empresa num nicho de empreendimentos.

4- Fazer networking:


Os seus contatinhos podem abrir as portas do seu foguete. Eles formam as bases para conexões com investidores, compradores e mesmo entusiastas do ramo, que podem oferecer dicas e ideias para o desenvolvimento do seu negócio. 

5- Contar com um time:

Ninguém consegue incorporar sozinho todos os esforços necessários para administrar um negócio de sucesso. Você vai precisar de um time estabelecido, com seus pontos fortes combinados, para que o negócio consiga ser independente.

6- Ter um ótimo atendimento ao cliente:

Você nunca vai conseguir investir demais em qualidade. E, quando se fala em agradar os clientes, ter um atendimento superior não apenas se destaca no mercado, mas vira instrumento de indicação. Em suma, aposte em uma experiência bacana para que o cliente saia satisfeito e pronto para voltar a fazer negócio com você – isso significa ter um site prático, uma campanha publicitária condizente com a realidade, e uma política de serviços bem estruturada e clara.

7- Armazenar os dados:

Desde o início. Parece chato, mas manter registro das atividades da empresa, para além dos fins legais, serve como referência para os trabalhos futuros, e serve para fins de pesquisa e consulta na hora de realizar trabalhos da empresa. Mas, não basta apenas mantê-los guardados...

8- Analisaros dados:

Compare os dados que você tem com as informações que você tem de outras empresas. Manter um olhar atento na concorrência é crucial. Saber o que está sendo feito no mercado, e o que você deve fazer de diferente é se suma importância para acertar o diferencial que fará com que o seu negócio decole.

9- Investiro capital bem:

Você vai precisar de dinheiro para tirar seu foguete do chão, e mais dinheiro ainda para mantê-lo no espaço. Estamos falando de mais do que as economias do porquinho, por mais que elas possam ser úteis. Uma vez que você tiver conseguido o capital inicial, é preciso saber investi-lo, para que não seja perdido de uma vez. Quando o seu negócio estiver rendendo, certifique-se de manter o capital de giro investido no essencial para a empresa, e mantenha uma reserva para cobrir gastos extras.

10- Saber equilibraras mudanças com os objetivos:

Você precisa de determinação para continuar, mesmo que devagar. As vezes, o sucesso vem de seguir o plano a risca. Mas, em outras ocasiões, vem de fazer exatamente o oposto. Saber entender o mercado e os pontos fracos da sua estratégia o ajudarão a se adaptar e mudar para que seu negócio se mantenha. Essa capacidade de conhecimento, de manter o foco, é essencial para manter se manter no caminho, mesmo que a trajetória sofra alguns desvios.


Administrar um negócio envolve muito conhecimento e experiência, sem dúvida; mas muito vem do instinto e espírito empreendedor, especialmente em tempos de crise.

Também requer julgamento, resiliência e a capacidade deixar de lado uma ideia que não está funcionando, mesmo sendo algo pelo que se é apaixonado.

Não é fácil, mas as recompensas valem a pena.


628 visualizações